Let`s Talk Business: Problem Solvers

No passado dia 28 de outubro, ocorreu o momento principal da primeira edição do Let’s Talk Business, com o tema Problem Solvers. A RoundTable sobre o tema contou com os convidados João Pinho, da Sonae, Cristina Correia e Jorge Quintaneiro, da Prio, e Márcio Colunas, da Sword Health.

A grande conclusão deste conversa foi que o principal requisito para se ser empreendedor é ter capacidade de resolução de problemas, que podem surgir nos mais variados contextos.

 

No caso de Márcio Colunas, a Sword Health surgiu como uma solução para problemas existentes na sociedade, mais propriamente um problema que lhes foi próximo. Um dos cofundadores sofreu um acidente que lhe trouxe a necessidade de cuidados permanentes, o que apenas existia em Cuba. Pegando na necessidade, criaram um serviço que ajudasse nessa prestação de cuidados, um protótipo que foi sendo aperfeiçoado e passou a ser usado por outras pessoas, criando impacto na sociedade.

 

O empreendedorismo pode também surgir dentro de uma grande empresa, através da inovação e intraempreendedorismo, como nos mostraram Cristina Correia e o Jorge Quintaneiro. A Prio, através do Programa “Top Ideas”,  incentiva os seus trabalhadores a serem empreendedores e reconhece o valor das start-ups, que mostram muita iniciativa e alia-se a estas, financiando-as para que as suas ideias ganhem “pernas para andar”.

 

Devido à grande e crescente importância da inovação, empresas como a Sonae criam departamentos com a função de prever problemas futuros e antecipar a sua solução, como nos veio contar João Pinho. 

Para prever o futuro, existem equipas das mais diversas áreas (económica, de mercado,…) mas o futuro nunca deixa de ser incerto, sendo que as únicas constantes são a mudança e o foco no cliente.

 

No entanto, apesar da necessidade identificada e da solução encontrada, é preciso perceber se está, de facto, a resolver o problema. Para isso, a Sonae criou uma plataforma em que lançam produtos em pequena escala para testar as reações dos clientes e um comité da inovação de todas as áreas da SONAE que, de três em três meses,

debate as soluções que implementam e analisam se foi a melhor, entre outras. Também a Prio testa os seus serviços com, por exemplo, sensores, calculando a taxa de utilização, e a Sword Health testa diretamente com os clientes, “arriscando, experimentando e aprendendo com os erros”.

 

Tanto a Sword Health como a Sonae afirmam que errar é uma forma de aprender, não apresentando grandes receios no que toca a inovações, no entanto, a Prio diz que o seu departamento de inovação, por ser recente, ainda não lida tão bem com problemas que possam surgir, admitindo que “é difícil sair da produção e logística do dia a dia para inovar e

experimentar, falta-nos um bocadinho isso“.

 

Um produto cresce quando, segundo Marco Colunas, a equipa que trabalha nele é uma equipa capaz, que se entreajuda, autodidata, sem medo de arriscar e motivada. Para a Sonae, um produto tem sucesso se for criado tendo em atenção as preferências dos clientes, que estão em constante mudança e requerem muita agilidade das equipas. Igualmente interessante é a ideia de que o ideal é confiar em quem tem contacto direto com os clientes e depois dar a liberdade e incentivo para que os trabalhadores inovem, como defende a Prio.

 

Afinal a inovação está na moda? Segundo Marco, os Portugueses sempre foram inovadores, desde os Descobrimentos. Comparando Portugal com a Europa, podemos considerar-nos inovadores e empreendedores, até porque somos reconhecidos por isso. Apesar disso, nem só de experiência ou juventude se faz a inovação, mas sim de um mix das duas. Muitas vezes a formação não tem grande significado, podendo ser bem sucedida numa área que não a suda de formação. não quer dizer. A equipa certa são as pessoas talentosas, inovadoras, motivadas. 

 

O pensamento empreendedor não é algo que nasce connosco, mas sim um mindset que se adquire, treina e desafia.

 

Nós, enquanto estudantes, podemos fomentar esse mindset de problem solver através de viagens, estimulantes da curiosidade, e da leitura. Para nos ajudar no passo da leitura, os nossos convidados deixaram algumas sugestões como “As ideias que mudaram o mundo”, “Change by desing”,“Creativity”, “The lean startup: temas de aprender e estar” e “Ready player one: ficção”.

Resultados Comissão de Curso 2019/2020

Caros colegas e alunos,
O processo para eleger os representantes dos estudantes presentes nas Comissões de Curso do DEGEIT em 2019-2020 decorreu na 2ª feira (2º ciclo e mestrado integrado) e na 3ª feira (1º ciclo) passadas.

Dicas infalíveis para te manteres “on point” na época de frequências

Chegou a primeira fase crítica da vida de um universitário: a época de frequências e o NEG está aqui para te dar umas dicas para conseguires sobreviver e manteres a motivação!

Resultados Comissão de Curso 2018/2019

O processo para eleger os representantes dos estudantes presentes nas Comissões de Curso para o presente ano letivo decorreu na passada 2ª feira dia 22/10 (2º ciclo) e na passada 3ª feira dia 23/10 (1º ciclo).

Guia do Novo Aluno

Teach To Learn

Acabaram as Aulas e Agora?

Não sabes o que fazer com o teu verão? Esta semana, o NEG mostra-te algumas das plataformas que te irão ajudar a encontrar uma ocupação, durante esta época!

Como Descontrair dos Exames

A época de exames já acabou e não sabes o que fazer para, finalmente, relaxares dos exames? O NEG ajuda-te na descontração pós-exames!

Os 9 tipos de reação depois do exame!

Esta semana o NEG apresenta-te as diversas reações que encontramos à saída de um exame, dá uma olhada e vê em qual delas tu e os teus amigos se enquadram!

Aproveita o verão e investe num Estágio!

Chegou o Verão e já só pensas em viajar e bronzear na praia; porém é também uma excelente altura para Investires em Ti, através da experiência de um Estágio de Verão. Dá uma espreitadela nas sugestões do NEG!